quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Problemão à vista...

Problemão à vista...

Se a presidente Dilma e o PT desejam governar os próximos quatro anos com ética, decência e combatendo a corrupção haverá um racha gigantesco com parte dos aliados, muito possivelmente com o maior partido do Brasil, isto ficou notório pela votação de ontem na câmara.

Agora começa a surgir o/um problema mais grave que mensalão, sanguessuga, Petrobras, etc...

Como depois de 12 anos governar sem conchavos, tramoias, arrumadinhos, jeitinhos, etc?

E sem a maioria na câmara e no Senado, caso isto vá se confirmando?

A câmara mais conservadora desde 1964, este ano te lembra alguma coisa?

Não vivi, só sei pelos relatos históricos, mas até a alma geme...

João Vicente Ferreira Neto

O equilíbrio e o bom senso devem prevalecer.

O equilíbrio e o bom senso devem prevalecer.

Há um pensamento de um "santo" que muito me agrada que diz: "Nas coisas essenciais, unidade; nas não essenciais, liberdade; em todas as coisas, o amor".

Entendo o essencial hoje, aquilo que é urgente e que dá sim para concordar em meio às diferenças;

Entendo o não essencial aquilo que é passível de discussões, onde ideologias e projetos de governo não se alinham, mas aí há a liberdade para levar a pauta adiante e/ou fazer oposição pensando sempre no que for melhor para o país;

E em todas as coisas o amor, justamente aquilo que não vimos durante a campanha (sem isenção de partidos e coligações) que foi regada na base da mentira, da calúnia, da difamação, que acabou gerando em alguns ódio e ressentimento. Todavia cabe a cada um de nós, e a eles também saber se queremos caminhar os próximos quatros na base que foi feita a campanha ou se estamos disposto a mudar a partir de cada um de nós, nas pequenas coisas e nos mínimos detalhes, conscientes de que há muito a fazer, mas para tanto se faz necessário que o mínimo comece a ser feito, neste aspecto tanto Dilma, Aécio e Marina parecem ter dado o primeiro passo, vamos juntos?!

João Vicente Ferreira Neto

Os resultados das eleições na Paraíba e no Brasil

Os resultados das eleições na Paraíba e no Brasil 

Os resultados das eleições na Paraíba e no Brasil são reflexos das comparações feitas entre as gestões que concorreram ao pleito. 

O povo comparou os 8 anos de PSDB com os 12 do PT, e mesmo com as ressalvas e insatisfações com a gestão do PT, preferiram acreditar que eles possam rever conceitos, voltar às origens e se renovarem politicamente a acreditarem na campanha tucana, não adianta querer responsabilizar o nordeste quando Dilma venceu Aécio no estado do Rio de Janeiro e teve cerca de 500 mil votos de diferença à frente do tucano em plena Minas Gerais. 

O mesmo equivale aqui na Paraíba, o povo comparou os quase 7 anos do tucano Cássio com estes quase 4 anos do socialista Ricardo Coutinho, e dadas as proporções, mesmo havendo divergências, entendeu que Ricardo fez mais que Cássio no e para o estado da Paraíba. 

Que nós possamos nos interessas por política não só na época do pleito, mas todo os dias. 

Que possamos cobrar, denunciar, incentivar, sugerir, participar da construção do nosso estado e do nosso país. 

Que tanto Dilma quanto Ricardo, bem como todos aqueles que venceram aqui em outros estados seja para deputado estadual, federal, senador e governadores possam realmente fazer valer suas vitórias com boas gestões nestes próximos quatro anos! 

João Vicente Ferreira Neto 
Escrito e publicado no dia 26 de outubro às 20h11

Seguidores

Postagens populares